Os Vinhos As Vinhas Expressões do Dão Agenda Notícias Imprensa A Comissão Contactos
 
   
 
     
     
 
Castas
Documentos
Meteorologia
Avisos Agrícolas


AS VINHAS     Castas
 
 
Touriga-nacional

« Voltar

 

A fama dos vinhos do Dão é devida, em boa parte, a esta casta, que, no passado, antes da crise filoxérica, era dominante nos vinhedos da região. Constitui, assim, a casta mais nobre entre as tintas.
Com um cacho pequeno e alongado, ostenta bagos diminutos, arredondados e não uniformes, e uma epiderme negra-azul revestida de forte pruína. A sua polpa é rija, não corada, suculenta e de sabor peculiar.

Trata-se de uma casta de maturação média e de produção médio a elevado, quando se utilizam materiais seleccionados e condições adequadas, caso contrário ela é baixa.

Dá vinhos de cor retinta intensa, com tonalidades violáceas, quando novos. Os aromas são intensos, de elevada complexidade, a frutos pretos muito maduros, com algo de selvagem, silvestres (amoras, rosmaninho, alfazema, caruma, esteva).

Na boca apresenta-se cheio, encorpado, persistente, robusto, taninoso, muito frutado, quando jovem. Possui elevado potencial para envelhecimento prolongado adquirindo nessa altura, uma elegância, um aroma e sabor aveludados inconfundíveis.

 
 
     
 
Home Política de Privacidade Mapa do Site Contactos
Visite-nos   Seja responsável. Beba com moderação.